De 29 Mar 2019

4 Dicas para aumentar lucros e reduzir custos na SAFRINHA.

Saiba como usar suas vantagens competitivas no mercado, realizar cotações e também saber a hora certa de negociar.

Use suas vantagens competitivas;

- Volume de compra, independente da necessidade de compra a ser concretizada, se evidencia
em 
melhores preços na realização de pedidos de maior volume, além de promover melhores
negociações mediante descontos, pode também se promover taxas minimizadas de entrega.
Então, analise suas necessidades de compra, se programe, compre tudo de uma vez, e escalone a
entrega de acordo com sua demanda, evitando promover estoque.

- Sazonalidade, realize suas compras quando as demandas estiverem em baixa (os vendedores
estarão propícios a reduzir os seus preços para cumprir metas), e venda quando o mercado não
detém o produto (quando a demanda é alta e a oferta baixa os preços aumentam).

- Distância, analise e facilite a logística de entrega, (se sua propriedade fica próxima a uma via
principal de distribuição ou a uma cidade use esse ponto e facilidade a entrega, além de realizar
uma mídia espontânea, expondo o produto sem custos).

- Poder de influência, use sua concretização no mercado para negociação, lembre-se sempre, os
produtores conversam e falam sobre o que é bom ou ruim, e basta uma simples mensagem
falando sobre um determinado produto em um grupo de WhatsApp para que as vendas desse
produto subam ou caiam naquela região.

Compre sempre no fechamento;

- No final do mês, ou da safra, as empresas que não atingiram suas metas estabelecidas,
promovem melhores condições de negociação para concretizarem suas vendas, desta forma, se
promove um momento ideal para compra, procure essas épocas para adquirir seus insumos,
maquinários e implementos.

Realize cotações e negocie;

- Qualquer centavo conta! Em uma compra de 1000 litros de um produto X, 50 centavos já são
uma diferença de 500,00 reais, no final das contas a redução dos custos de produção é um dos
melhores caminhos para a rentabilidade.

- Sempre tenha mais de uma opção de fornecedor, além de os preços variarem muito, você não
fica na mão de um determinado produto, revendedor ou fornecedor, caso ele deixe de te atender
da maneira esperada.

Escalone a venda da produção;

- Ninguém consegue acertar no olho da mosca, o mercado é incerto e nem os melhores analistas
pautados em todas as informações disponíveis em mundo conectado como o de hoje,
conseguem prever as crises e mudanças de mercado, então, não se deve esperar a alta para
vender, é melhor focar no custo de produção e na margem de lucro, e após vender
parceladamente.

- Sempre venda torcendo para ser o preço mais barato que você vendeu, pois sempre estará
ganhando em quantidade.
Para que essas estratégias funcionem é necessário gestão e planejamento dos custos,
escalonamento das obrigações e contas a serem pagas, para que assim você tenha crédito
quando precisa comprar, e não seja forçado a vender antes do momento certo para cumprir
obrigações.

Por Gustavo Alves